Sindiguardas denuncia fechamento da BIC-TUR, mas secretário de segurança nega



O Sindicato da Guarda Civil Municipal do Rio Grande do Norte (Singuardas) encaminhou nota à imprensa repudiando o fechamento da Base Integrada Cidadã Turismo (BIC-TUR), que fica instalada no Memorial da Resistência de Mossoró. Conforme o sindicato, os guardas municipais foram surpreendidos com a notícia.

“Não poderia haver uma maneira mais truculenta e arbitrária de que esta que o comandante Jailson Nogueira tomou. Ele comunicou de imediato. À noite avisou, pela manhã retirou. Absurdo! Nossa preocupação maior é com aquela zona que a BIC-TUR cobria. Agora, todo o corredor cultural está sem proteção”, comenta diretor regional do Sindguardas/RN, Rillen Rocha.

O Secretário Municipal de Segurança Pública e Defesa Social, Alvibá Gomes, nega que a BIC-TUR tenha fechado. Segundo ele, o que houve foi uma reorganização do efetivo da BIC, a fim de otimizar o trabalho ostensivo.

“Realocamos o pessoal fixo da BIC-TUR para as Unidades Básicas de Saúde (USB) dos bairros Barrocas, Pintos e Lagoa do Mato, e mantivemos uma guarda operacional com uma viatura para fazer a ronda no Corredor Cultural”, explica o secretário.
Compartilhar no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário