Segundo organização, mil pessoas participaram de manifestação em defesa de Dilma em Mossoró


Manifestantes ocuparam às ruas de Mossoró em defesa do Governo Dilma na tarde desta sexta-feira, 18. Os manifestantes pedem a permanência da atual presidente da República no poder, destacando que o atual Governo não sofrerá golpe.

Segundo a organização do protesto, cerca de 1.000 manifestantes participaram do movimento. A Polícia Militar (PM), não divulgou estimativas até o momento. O Capitão Carvalho, da PM, diz que a presença dos 20 policiais militares em meio ao protesto garante segurança ao movimento.

Aldeirton Pereira, um dos organizadores da Frente Brasil Popular (FBP), e um dos organizadores da manifestação afirma que, “O movimento é contra a política econômica atual, contra a tentativa de golpe e a favor da democracia”.

Os manifestantes entoaram palavras de ordem também em defesa do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva. Com bandeiras do Partido dos Trabalhadores (PT), os manifestantes se concentraram na Av. Presidente Dutra, no bairro Alto de São Manoel, ao lado da Igreja de São Manoel.

Saindo do bairro Alto de São Manoel, os manifestantes fizeram caminhada até o Centro da cidade, onde fizeram parada em frente ao Teatro Municipal Dix-Huit Rosado, finalizando o movimento por volta das 18h00.

“Existe um motivo partidário contra o golpe”, diz o funcionário do setor de petróleo e gás Tales Vinícius, ao ser perguntado sobre os objetivos da manifestação. “Não creio nos processos que a mídia fala, e tirar Dilma do poder não é acabar com a corrupção”, completa.

O professor José de Arimatéia que participava da manifestação reforça, “Como cidadão, a gente se posiciona contra as irregularidades para a tentativa de retirada do governo atual”. E finaliza, “se quiser tirar (Dilma), vai ter que votar”, conclui.

A manifestação de Mossoró integra uma série de mobilizações agendadas para esta sexta-feira nas principais cidades do País.

Fonte: O Mossoroense
Compartilhar no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário