RN investiga 79 mortes suspeitas por dengue; 2 estão confirmadas


A Secretaria de Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap) está investigando se 79 mortes registradas no estado foram causadas pela dengue. De acordo com um boletim divulgado nesta sexta-feira (6), o número de mortes por dengue  investigadas pela secretaria cresceu 546% em relação a 2015, quando apenas 13 casos foram investigados. Até o momento, além dos casos em investigação, duas mortes foram confirmadas e outros três casos suspeitos foram descartados.

Segundo a Sesap, o número de notificações de dengue em 2016, ou seja, o número de casos suspeitos, aumentou em relação a 2015. De acordo com o último boletim, 38.453 casos suspeitos foram notificados neste ano, enquanto no mesmo período do ano passado, 16.017 casos haviam sido registrados.

Apesar do aumento no número de notificações, o número de casos confirmados da doença em 2016 é inferior ao registrado em 2015. Neste ano, 2.829 casos foram confirmados, enquanto 3.601 foram confirmados no ano passado.

Atualmente, 102 municípios apresentam uma alta incidência acumulada de dengue - notificaram mais de 300 casos da doença por 100.000 habitantes. 33 registram média incidência, 26 baixa incidência e 6 estão silenciosos, ou seja, não notificaram nenhum caso suspeito de dengue nesse período.

Chikungunya e zika

Além dos casos de dengue, a Sesap também confirmou 510 casos de chikungunya e 3 de zika. A análise da secretaria aponta que as regiões do estado que registraram o maior aumento de casos de chikungunya foram as regiões do Seridó, Oeste, Alto Oeste e Trairi.
Compartilhar no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário