Empresa que construirá o hospital será conhecido em setembro


O Governo do Estado, através da Secretaria de Estado do Planejamento e das Finanças (SEPLAN) abriu o processo licitatório para o Hospital Regional da Mulher, que será construído no Campus Central da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), dentro do Programa RN Sustentável, financiado pelo Banco Mundial.

O edital foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) e fixa como prazo final para a apresentação de propostas, o dia 6 de setembro, quando também será anunciada a empresa ou consórcio ganhador.

A licitação para a execução da obra civil do hospital foi considerada pelo reitor Pedro Fernandes como um passo significativo. Para ele, essa é uma etapa bem próxima da concretização dessa obra que irá fortalecer o atendimento à população, promovendo melhorias na qualidade de ensino da UERN, já que será um avançado campo de estágio para Medicina e outros cursos das áreas de saúde e afins. Para o reitor, o debate coletivo fortalece a concepção de um novo modelo de atendimento, destacando a parceria do governo do Estado, Prefeitura de Mossoró e UERN.

A gerente de saúde no programa RN Sustentável, Ana Pêta, adiantou que todos os projetos – arquitetônicos, de engenharia e complementares- estão prontos, lembrando que a Secretaria Estadual de Saúde Pública (SESAP) juntamente com a UERN está na estruturação dos recursos humanos para esse hospital que terá 131 leitos, quase o dobro do Hospital da Mulher “Parteira Maria Correia”, em Mossoró.

Ana Pêta afirma que esse Hospital, que é a maior obra do Programa RN Sustentável na área da saúde, é um projeto ousado. “Foi um hospital totalmente estudado”, conceitua, acrescentando que além de ter sido dimensionada pela área técnica, o projeto foi elaborado atendendo às necessidades do setor materno-infantil. Toda a parte estrutural foi alicerçada no estudo de viabilidade e epidemiológico. Com o diagnóstico, foram montados os projetos técnicos. O hospital será referência para três regiões de Saúde, uma área que abrange 64 cidades do Oeste potiguar, com cerca de um milhão de pessoas. A previsão é que a construção do Hospital Regional da Mulher seja iniciada em dezembro deste ano.

A obra deverá ser concluída até março de 2018, com investimentos de mais de R$ 51 milhões.

Capacitação

Até 2017, a UERN qualificará, em parceria com a SESAP e na área da saúde da mulher, cerca de 1.700 servidores do Estado da Saúde, dentro do RN Sustentável. Serão 1.500 servidores capacitados na Assistência ao pré-natal, com ênfase no acolhimento e na classificação de risco, conforme as novas demandas na gestão das políticas públicas. No ano passado foram qualificados 300; este ano serão 800 e para 2017, mais 400.

Segundo a Pró-Reitoria de Planejamento, Fátima Raquel Rosado de Morais, que é coordenadora do projeto de qualificação pela UERN, outros 200 servidores, médicos, enfermeiros, assistentes sociais, entre outros, que atuam nas maternidades do Estado do Rio Grande do Norte, estão sendo capacitados para implantação do Protocolo de Assistência Materno Infantil. Esses atores atuarão como multiplicadores nos seus serviços de boas práticas na assistência ao parto e nascimento. A pedido da Secretaria de Saúde do Estado também foram qualificados gestores na área de gerenciamento dos serviços de saúde.
Compartilhar no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário