Forças de Seguranças elaboram estratégia para coibir atos de vandalismo em Mossoró

(Fotos: Luciano Lellys)
A Secretaria de Segurança Pública, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Trânsito realizou na tarde desta terça-feira, 2, no auditório da Estação das Artes uma coletiva de imprensa para esclarecer a população as medidas que estão sendo tomadas para impedir ações criminosas em Mossoró. A preocupação com a ordem pública se intensificou após os ataques ocorridos na grande Natal e que supostamente teriam desdobramentos em Mossoró.

A coletiva contou com a participação de representantes dos principais órgãos de segurança, como a Polícia Militar, Polícia Civil, Guarda Civil Municipal, Agente de Trânsito, Corpo de Bombeiros e também da OAB.
Para garantir a segurança na cidade, todos os órgãos estão trabalhando com um efetivo maior do que o normal, a meta é impedir que ataques aconteçam e proporcionar tranquilidade à população.

Durante seu discurso, o delegado Dênis Carvalho, fez questão de frisar que até o momento as investigações feitas pela polícia civil não apontam nenhuma ligação direta entre os ataques ocorridos em Natal com os ocorridos em Mossoró.  “O que existe é gente se aproveitando da situação para espalhar terror e causar pânico. Nós estamos monitorando tudo”, comenta.

O secretário municipal de Segurança Pública, Alvibá Gomes, também pediu para que a população não espalhe boatos sobre ataques terroristas, pois isso valoriza as ações dos marginais. Ele destacou que todas as forças de segurança vão continuar o trabalho de forma integrada por tempo indeterminado. “Não é de hoje que estamos trabalhando de forma conjunta, contudo nessa semana estamos intensificando as ações para impedir ataques e principalmente evitar que se espalhem boatos, pois eles são prejudiciais. Conto com a ajuda da população e da imprensa para impedir que os boatos sobre ataques terroristas se espalhem”.

Os interessados entrar em contato com os órgãos de segurança para tirar dúvidas, fazer críticas, denúncias ou sugestões podem ligar para o 190, da Polícia Militar; 153, da Guarda Civil Municipal; 181, para Disk Denúncia ou pelo (84) 98149-9906, no Whatsapp da Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (SESED).


Compartilhar no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário