Mário Negócio receberá bloqueadores de celular ainda este ano


Até o final do ano, pelo menos três unidades prisionais do Rio Grande do Norte receberão bloqueadores de sinal telefônico. A expectativa da Sejuc era de que a torre de bloqueio instalada do Presídio Estadual de Parnamirim (PEP), começasse a operar ontem (1).

"É uma decisão técnica da empresa", disse o titular da Sejuc. O Bloqueio dos sinais de celular no PEP custa R$ 29 mil mensais à Sejuc.

A instalação vai chegar no Complexo Penal Agrícola Dr. Mário Negócio, em Mossoró ainda este ano.

Além da Mário Negócio, as unidades a receberem os bloqueadores, conforme planejamento da Sejuc, são: Pavilhão Rogério Coutinho Madruga e Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta; Penitenciária Estadual de Caicó.

A instalação de câmeras de monitoramento eletrônico está com o processo de licitação aberto e deverá contemplar equipamentos para a Cadeia Pública de Natal e o completo Penal Dr. João Chaves, na zona Norte de Natal; para a sede da Sejuc, no Centro Administrativo e para a Penitenciária Estadual de Alcaçuz.
Compartilhar no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário