Suspeito de latrocínio contra pedreiro no bairro Boa Vista presta depoimento à Polícia Civil

O suspeito de cometer o latrocínio (roubo seguido de morte), contra o pedreiro de 62 anos prestou depoimento desta terça-feira (27), na Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (Defur), que tem a frente o delegado Dr Luiz Fernando.

O crime que deixou a população mossoroense revoltada ocorreu no início da tarde desta segunda-feira (26), na rua Silva Jardim no bairro Boa Vista. A vítima identificada como Antônio Ademar da Silva, teria se recusado a entregar o celular e acabou baleado na testa e caiu ainda com vida na calçada da residência de um familiar, mas morreu dentro da ambulância do Samu.

Após a ação criminosa, o assaltante que estava em uma motoneta Traxx fugiu com o celular da vítima. Seu Antônio além de ser predeiro, era evangélico e deixou quatro filhos. Na manhã desta terça, o sepultamento foi realizado no cemitério novo com clima de tristeza e revolta.

O suspeito que tem 19 anos, prestou depoimento na Delegacia e foi encaminhado ao Itep para realizar o exame residuográfico que sairá o resultado com 30 dias. O mesmo foi liberado pois contra o suspeito nada foi comprovado. O caso ainda está sendo investigado pela Polícia Civil.

Compartilhar no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário