Robinson diz que pediu voto para Rosalba e que faltou humildade a Silveira

Em entrevista ao jornalista Diógenes Dantas, o governador Robinson Faria revelou os bastidores do PSD durante o andamento das eleições municipais de Mossoró. Robinson deixou claro o seu rompimento político com o prefeito de Mossoró, Silveira Júnior (PSD), e afirmou que pediu voto para a prefeita eleita Rosalba Ciarlini (PP).

O governador disse que aconselhou o prefeito de Mossoró a não se candidatar em razão de ‘o seu nome não ter viabilidade para a reeleição’. “Pesquisas mostravam que ele não tinha nenhuma chance de reeleição”, argumentou. Para Robinson, faltou humildade a Silveira Júnior, que, ao invés de ouvir o seu conselho, ‘desapareceu e se lançou candidato’.

O governador também criticou a postura do prefeito e da primeira-dama, Amélia Ciarlini, nas redes sociais. Os dois questionaram a aliança com Robinson em transmissões ao vivo no Facebook. Em um dos vídeos, a primeira-dama chegou a chorar, enquanto afirmada que o governador tinha virado às costas para a gestão do marido. “Não gostei. Querer cobrar do governador um conta que não era minha Ele era para ter sensibilidade de saber que não era seu momento e ter vindo dialogar. Governador, qual é o nosso caminho em Mossoró? Vamos ser parceiros de quem?”.

O governador também criticou o apoio do PSD ao candidato a prefeito derrotado Tião Couto (PSDB). “Ele (Silveira) Levou o PSD para apoiar Tião da Prest sem me consultar”, revelou.

Robinson disse que a preferência dele era para o PSD apoiar a prefeita eleita Rosalba Ciarlini, e afirmou que pediu votos para a ex-governadora. “Primeiro se eu fosse a Mossoró, ia apoiar o nome de Rosalba. Disse isso a vários amigos. Rosalba era o nome que eu desejaria que o PSD apoiasse em Mossoró Eu telefonei para o seu marido, Carlos Augusto, antes da eleição várias vezes. Disse a vários amigos: você vote com Rosalba”, garantiu.

As declarações do governador deixam claro o seu distanciamento político de Silveira. Mais um problema para o prefeito de Mossoró administrar, que representa ainda mais perda de força política. Silveira conta com várias indicações na estrutura do Governo do Estado. A mãe do prefeito é quem manda no setor financeiro do Hospital Regional Tarcísio Maia, e a sogra dele coordena a 12ª Dired, que engloba a educação de 16 municípios.
Compartilhar no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário